UM REMÉDIO NATURAL QUE AJUDA Á BAIXAR A PRESSÃO [EXPERIMENTE]

pressao-alta

Não há necessidade de tomar remédios de farmácia para baixar a pressão arterial: para alcançar este objetivo, é suficiente adoptar um estilo de vida saudável, combinando-a com o uso de remédios naturais específicos.

É importante, consequentemente, conhecer os hábitos que devem ser adoptados, de forma de limitar a utilização de remédios, que – como todos sabem – não raramente causam o aparecimento de um ou mais graves efeitos secundários. A primeira dica é caminhar energicamente: mesmo uma simples caminhada com um ritmo não lento tém efeitos muito positivos em pacientes com hipertensão, já que a atividade física ajuda a certificar-se de que o coração utilize de forma mais eficiente o oxigénio, e, consequentemente, pode garantir que o sangue seja bombeado mais vigorosamente. Se você tem o tempo necessário disponível, recomenda-se um passeio de pelo menos meia hora todos os dias.

Claramente, com o passar dos dias e semanas, uma vez que o corpo se acostuma com o esforço, a caminhada pode durar ainda mais. A pressão arterial elevada, por outro lado, é um fator que merece ser monitorado continuamente, por causa do risco de surpresas desagradáveis está sempre espreitando: o que não significa que haja um perigo de morte direta, mas que é uma condição que pode favorecer o surgimento de aneurismas, acidentes vasculares cerebrais, ataques cardíacos e insuficiência renal.

Para segurar a renina, a este respeito, é essencial prestar atenção também à respiração: esta enzima proteolítica que é produzida pelos rins tem precisamente o efeito de aumentar a pressão sanguínea. É por isso que são recomendadas práticas meditativas como o tai chi, yoga ou qigong, para praticar tanto na parte da manhã e à tarde, de modo a eliminar toda a tensão e, ao mesmo tempo, manter afastados os hormônios do estresse

 

Nem todo mundo sabe, então, que o potássio é um aliado da saúde física com referência à pressão do sangue: entre os alimentos recomendados para esta finalidade há passas, ameixas, ervilhas, feijões, bananas, tomates e batatas doces. Se potássio é bom, o sódio devem ser evitado: guerra total, portanto, contra esta substância – sempre sem exagero, é claro, que é um inimigo perigoso para as pessoas que sofrem de hipertensão. Uma colherzinha de sal contém 2.400 miligramas de sódio, enquanto os especialistas acreditam que o limite que não deve ser ultrapassado seja de 1.500 miligramas por dia: isso dá uma idéia de como e o quanto devemos ter cuidado, sempre considerando que as pessoas raramente comem o sal à colheradas.

O chocolate escuro pode ser, no entanto, muito útil: nas barras, de fato, existem flavanols, substâncias que têm a vantagem de aumentar a elasticidade dos vasos sanguíneos. A dose recomendada não é muito elevada, no entanto: portanto algumas gramas de chocolate escuro cada dia são mais do que suficiente, mas é essencial escolher um chocolate que tenha o teor de cacau de, pelo menos, 70%.

 

Sobre os pecados e prazeres da mesa, precisamos de uma certa moderação com álcool: o que significa, simplesmente, que um copo pode ser bom, mas já o segundo é um pouco demais. Se você está apenas à procura de bebidas que não sejam água, você pode optar pelo chá de hibisco, que ajuda a reduzir a pressão arterial sistólica e tem propriedades de fitoterapia.

Por fim, vale ressaltar que entre as formas mais eficazes para reduzir a sua pressão arterial evitando os remédios da farmácia há a redução do estresse: em conclusão, no trabalho seria bom tentar diminuir o ritmo, e em geral deve tentar relaxar o mais possível. Mais fácil dizer do que fazer, mas por que não tentar?

 

 

fonte:http://www.astoupeiras.com/como-abaixar-a-pressao-sem-remedios/3/

 

 

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*