Bebê morreu de coqueluche após diagnóstico errado de: “dor de barriga”


A mãe Semray Mentes, 18 anos, está devastada após perder seu filho de um mês por causa de negligência médica. O pequeno Cavani Cruz morreu de , mas por três vezes foi diagnosticado com problemas estomacais e liberado pelos médicos.

Cruz nasceu saudável no dia 4 de fevereiro no Hospital do Rei, na Inglaterra. Nove dias depois do nascimento, a mãe precisou levá-lo para o hospital porque o bebê estava com tosse, coriza e vômito.

Em três semanas, Samray levou o filho três vezes ao hospital. Os médicos, que sempre davam o diagnóstico de problemas no estômago, chamaram a jovem de ingênua por se preocupar tanto com uma doença simples.

 

 

Quando os médicos finalmente internaram o bebê para fazer mais exames, já era tarde. Cavani Cruz morreu quatro horas após a internação

image-21


Para Samray, a demora no diagnóstico foi o responsável pela morte de seu filho.

― Se meu bebê tivesse sido diagnosticado corretamente da primeira vez que o levei ao hospital, ele ainda estaria aqui comigo. Vou fazer tudo o que posso para obter justiça para meu filho e impedir que isso aconteça a outras famílias.

erro-medico-bebe-morreu

Um porta-voz do hospital afirmou que não houve negligência e que os médicos lamentam a morte do bebê.

― Explicamos para a mãe que seu filho foi examinado por especialistas todas as vezes que veio ao hospital. Examinando o caso, consideramos que o tratamento clinico dado ao pequeno Cruz foi correto


Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*