Sua família decidiu desconectar os aparelhos, mas algo incrível aconteceu

1-1-1024x576

 

Depois de conhecer esta história, você perceberá que a esperança é a última coisa que deve ser perdida

Essa mulher reagiu, quando as esperanças da vida já haviam sido perdidas. A história que lhe trazemos hoje é de uma família que queria desconectá-la dos aparelhos que a mantinham viva, mas seu marido ao se despedir-se, fez com que ela falasse.

 

Hoje em dia, a medicina está em um nível muito avançado, se a compararmos com alguns anos atrás. Poderemos perceber que agora essa área é muito melhor, com mais métodos e conhecimento.

No entanto, a medicina está em contínua evolução, nunca para. Aquele que estuda esse ramo da ciência, deve passar sua vida atualizando seu conhecimento.

Embora, a evolução seja contante acontecem coisas que não podem ser explicadas, nem por mais anos de estudo, como o caso desta mulher. Ela estava em coma profundo, mas quando eles foram desconectar os aparelhos algo incrível aconteceu.

O nome dela é Lyndee Brown Pellettiere-Swapp, uma mãe de quarenta e cinco anos de Phoenix, EUA. Essa mulher estava em sua casa como qualquer outro dia e, de um momento para outro, ela estava inconsciente, seu filho quando chegou em casa e a viu naquele estado agiu imediatamente ela foi levada para a sala de emergência.

Esta mulher caiu em coma por razões que nunca poderiam ser determinadas, durante cerca de doze dias, os médicos procederam testes diferentes para descobrir o que tinha acontecido e se a mulher reagiria, mas nada aconteceu.

O cérebro de Lyndee não respondia, parecia ter falecido, então os médicos não deixaram a família com mais esperanças e lhes disseram que era melhor desconectá-la dos aparelhos. O dia em que a família finalmente decidiu desligar os aparelhos, e todos os familiares foram se despedir um por um, seu marido foi o último a passar.

O marido dela, ao se despedir, lhe disse que era sua última chance de dar um sinal e foi lá quando Lyndee acordou e gritou que ela era uma lutadora. Todos ficaram surpresos e os médicos não entendiam como era possível.

2

Depois de se recuperar, Lyndee disse que podia sentir tudo o que os médicos estavam fazendo, mas que simplesmente não conseguia reagir e com o incentivo do marido reuniu todas as forças para falar. Diante disso, esta mulher aconselha que, em uma situação relacionada, o melhor é insistir nas pessoas, uma vez que é um processo muito difícil, mas não impossível.

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*