Médicos admitem que estão surpresos com o poder medicinal que essas plantas juntas possuem e indicam-as para o tratamento de artrite e dores musculares



Quando se trata de saúde, o assunto é sério e merece total atenção da nossa parte. Ultimamente uma onda genérica de doenças invadiu a vida da população em geral e a cada dia temos uma novidade, principalmente no âmbito muscular e é disso que vamos falar hoje.

Milhares de pessoas em todo o mundo sofrem de problemas ligados a dor muscular, a artrite reumatoide, essa patologia por exemplo, tem abatido milhares de pessoas e é uma doença crônica, sofrida, difícil de se lidar, embora existam muitos tratamentos, o paciente acometido de artrite precisa ser muito persistente nos tratamentos, isso para que ele possa sentir alivio e ter uma vida no mínimo normal.

O mesmo discurso se aplica também para as pessoas acima do peso, as quais sofrem com o desgaste da cartilagem do joelho. Imaginem quando a pessoa tem excesso de peso? O desgaste é bem maior. E ainda tem as dores lombares que afetam inúmeras pessoas, e ambas patologias, são difíceis de serem tratadas, e isso se aplica principalmente as pessoas que possuem idade mais avançada, que é o caso dos idosos.

Mas o que provoca todos esses problemas? Uma das coisas é a falta de cálcio nos ossos, depois a alimentação errada, pouco nutriente, pobre de vitaminas e minerais, podem também ser um dos motivos. Depois temos pessoas que possuem uma hereditariedade na família, ainda há aquelas que em função de um certo trabalho acabam se desgastando antes do tempo e como podemos observar, as dores lombares, articulares e musculares, não é uma característica observada apenas no idoso, mas em pessoas jovens também.

O estilo de vida sedentário também pode ser um dos motivos, por exemplo: pessoas que passam horas e horas a fio na frente do computador, são pessoas propensas a fortes dores lombares e isso porque o corpo precisa de movimento, não pode ficar sempre parado na mesma posição e ainda temos que ressaltar a postura, pessoas que possuem uma postura errada, também são propensas a fortes dores lombares e inclusive podem desenvolver inflamações na coluna e no nervo ciático.

Como tratar esse problema?
Médicos ortopedistas geralmente prescrevem sessões de fisioterapia e também remédios químicos que tendem a desinflamar os nervos e resolver o problema (ainda que momentaneamente), temos ainda, dependendo do caso, médicos que fazem intervenção cirúrgica, tudo vai depender do quadro clinico do paciente e da gravidade do seu problema.

Ainda temos infiltrações locais que são feitas exatamente no ponto mais critico da inflamação muscular, e toda uma gama de anti-inflamatórios químicos disponíveis na farmácia que atuam diretamente no problema que o paciente apresenta.

Geralmente essas dores articulares, principalmente a artrite reumatóide, não tem cura, o paciente vive em constante tratamento, em alguns momentos sentem bastante alivio, e em outros infelizmente as dores são intensas e pode deixar as pessoas irritadas.


O tratamento é feito com base na gravidade do quadro do paciente, e como citamos, alguns tratam a vida toda, agora imaginem consumir medicamentos alopáticos diariamente para dor e inflamação?

Como falamos com frequência, os medicamentos químicos são um grande problema para a saúde humana, pois de um lado tratam o problema e do outro prejudicam criando um novo problema, eles atuam no ponto necessario, isso é verdade, mas desencadeiam outros distúrbios, pois deixam resíduos, toxinas, provocam a queda da resistência, prejudicam o estômago e poderíamos elencar mil e uma contra-indicações.

São por essas razoes que hoje em dia muitas pessoas recorrem a tratamentos alternativos, aqueles totalmente natural, que também são eficientes, porque a farmácia química é algo que nasceu nos últimos três séculos, antes disso, o único laboratório que existia era a natureza e era com as plantas que nossos ancestrais se curavam de inúmeras patologias.

Os tratamentos naturais também podem ser muito eficientes, é o caso de algumas plantas que juntas demonstram um resultado surpreendente no tratamento de dores nas juntas, articulações, musculares e lombares. Alguns estudos realizados pela USP de São Paulo, demonstraram que de fato, tanto a sálvia como o tomilho, são plantas com alto poder calmante e anti-inflamatório e é justamente por isso a sua eficácia no alivio desse tipo de dor.

O tomilho tem propriedades surpreendentes, seu óleo essencial tem sido usado externamente para articulações quentes e inchadas, por conta de síndrome bí causada pelo vento-calor-umidade. Massagear as pernas com o óleo de tomilho é uma alternativa natural super eficaz para ativar a circulação e automaticamente melhorar as dores nos joelhos, o mesmo se aplica na coluna e demais articulações.

A sálvia é uma planta medicinal que ajuda a diminuir as dores causadas pela artrite e reumatismo, também é rica em propriedades anti-inflamatórias o que fazem dessa planta uma grande aliada no tratamento de dores articulares. E detalhe a salvia é riquíssima em vitamina K, uma vitamina essencial para a saúde muscular e rara de ser encontrada nos alimentos.

E ainda temos a hortelã que é um excelente calmante, e o alecrim com propriedades anti-inflamatórias também, a hortelã também é uma grande aliada da dieta, pois ajuda a eliminar os excessos, já o alecrim é amigo da ansiedade, seus efeitos calmantes e relaxantes, acalma qualquer pessoa!

A receita abaixo é indicada por médicos naturopatas e alguns ortopedistas que finalmente entenderam o efeito espetacular da bebida que alivia as dores e ajuda no tratamento das inflamações, confira logo abaixo a receita.

O que vamos precisar para essa receita?

Ingredientes

Sálvia (1 colher de sopa)

Tomilho (1 colher de sopa)

Alecrim (1 colher de sopa)

Hortelã (1 colher de sopa)

Água (1 litro)

Preparo

Leve a água ao fogo e espere até atingir o ponto de ebulição, então adicione toda as ervas e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Depois desligue o fogo e abafe, deixando a mistura repousar por 15 minutos, depois que a bebida estiver temperatura ambiente, coe e leve o liquido a geladeira.

A bebida pode ser adoçada com uma colher de mel e você deve consumir 2 x ao dia com o estômago totalmente vazio, em poucos dias você vai observar os resultados.

Gostou? Compartilhe com seus amigos e Volte Sempre!