O que as espinhas tem a dizer sobre nossa saúde

Snap 2015-05-16 at 15.19.07

 
De acordo com estudo, o surgimento de acne em diversos pontos do rosto pode estar diretamente ligado à saúde dos órgãos internos e ao tipo de alimentação ingerida.

Normalmente, cravos e espinhas aparecem em nossos rostos por problemas hormonais, genética e alimentação. No entanto, a medicina chinesa afirma que o surgimento da acne facial tem tudo a ver com a saúde de nossos orgãos internos e com o consumo de certos tipos de alimentos.

acne-face

 

Testa (parte superior)

O surgimento de cravos e espinhas na parte superior da testa está ligado ao sistema digestivo e a bexiga. Dessa forma, é importante beber bastante água e limitar o consumo de alimentos gordurosos e açúcares processados, além de consumir grandes quantidades de frutas e legumes frescos e orgânicos. Coma alimentos que são ricos em antioxidantes e beba água morna com limão ou chá verde regularmente. Uma boa fonte de probióticos pode ser encontrada em alimentos fermentados, chucrute, kimchi, kombucha ou kefir.

Testa (parte inferior)

Relação com o coração. Para diminuir a propensão de acne nessa região, o texto aconselha a realizar atividades cardiovasculares regularmente e a ingerir óleo de coco ou de romã.

Sobrancelha e olhos

Área relacionada ao fígado. Acne nessa região significa que o órgão está sobrecarregado. Diminua o consumo de frituras, alimentos gordurosos, álcool e laticínios. Alimentos que ajudam na limpeza: chá verde, cenoura, beterraba, limão, alho, folhas verdes e toranja.

Orelhas

Se você tem problemas de espinhas na região das orelhas, pode ser um sinal de que seus rins não vão bem. Beba bastante água e evite comer muito sódio, principalmente o de alimentos processados. Rins não saudáveis costumam mostrar: falta de descanso, deficiência em magnésio e outros minerais, também excesso de açúcar.

Bochechas

As bochechas superiores estão relacionadas com os pulmões e vias respiratórias. Se você é fumante ou possui uma doença respiratória, como a asma, pode ter propensão a ter acne nessas regiões. Poluição pode ser outro motivo. O uso de plantas e ervas medicinais podem amenizar problemas respiratórios. Crises de acne nas áreas abaixo das bochechas indicam problemas de gengiva ou dentes. Limite o consumo de açúcares refinados e elimine os refrigerantes.

Queixo

Acne nas laterais do queixo é indicação de desequilíbrio hormonal. Uma dieta rica em soja ajuda no problema. O estresse emocional e físico também podem alterar os hormônios. Manjericão, alcaçuz, folhas de framboesa vermelha, o cardo de leite e de chá verde são mais opções de alimentos saudáveis.

Já cravos e espinhas no centro do queixo podem estar relacionados com problemas de digestão, no estômago e no intestino delgado. Isso pode ser causado por uma dieta pobre e/ou alergias alimentares. Alimentos integrais ajudam, assim como dormir o suficiente e beber bastante água.

Opinião de especialistas ocidentais

No ocidente, a analise de problemas com a acne, funciona de forma diferente. De acordo com a Thais Jerez, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o único dado da medicina chinesa que possui comprovação cientifica é a acne na região mentoniana (no queixo) – que se refere, na maioria dos casos, a chamada acne hormonal.

“Nessa localização, encontram-se muitos receptores para o hormônio masculino, responsável pela hipertrofia das glândulas sebáceas, uma das causas da acne. (…) É muito comum em casos de pacientes com a síndrome dos ovários policísticos, em que vemos mulheres acima do peso, um aumento de pelos nesta região da face e irregularidade menstrual”, explica.

Caroline Assed, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, também discorda, segundo ela “as citações da medicina chinesa que correlacionam os locais da acne com os órgão internos não tem nenhum embasamento científico. A acne tem causas multifatoriais”, encerra.

Imagem de capa: youtube

 

fonte:http://sossolteiros.bol.uol.com.br/

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*